flor-de-cafe_foto-banner-01-b

Ou como também é desejo, Em Flor de Café.

Em Paixão.

Em Planta,

Em Grão,

flor-de-cafe_fundo-banner-emb-01

Ideais para o seu
café espresso e para
seu café coado.

Conheça as novas
obras de arte
da Flor de Café

Compre Aqui

Nossa Flor

Um grupo de produtores, inspirados por iniciativas de sucesso, criou a Flor de Café, uma associação que quer ganhar o mundo resgatando a excelência e poesia dos seus grãos.

coffee-plant-illustration-01Unidos pelo mesmo ideal, os produtores da Flor de Café têm trabalhado com dedicação e muito carinho a fim de descobrir e valorizar as características dos cafés da microrregião de Nepomuceno e arredores.

Nosso time é formado por profissionais, pesquisadores, especialistas e apaixonados dispostos a produzir, vender e orgulhar-se do que acreditam ter o potencial de se tornar uma das bebidas mais festejadas do mundo. Com vistas a esse horizonte, nos organizamos para mapear, conhecer e classificar toda nossa produção, incluindo a menina dos nossos olhos: os cafés especiais.

Desde o manejo integrado das fazendas até diversificação dos canais de venda, procuramos abastecer uma nova rede de oportunidades para todos os envolvidos, direta e indiretamente, nesse processo mágico que traz o café às nossas xícaras.

Não importa se à pressão, preparado na moka, à moda turca, na prensa francesa, coado ou gelado. Na robustez ou delicadeza de sua bebida, o café esquenta, aconchega, abre caminhos, integra povos e continentes. Em grão, em planta, em paixão. Ou, como também é  desejo, em flor de café.

Nossa Região

Desde a chegada das primeiras mudas de café, no início do século XIX, o café continua a construir nossa cultura, tirar nosso sono e inspirar nossos sonhos.

A microrregião de Nepomuceno e arredores, no Sul de Minas Gerais, está cercada pelas Serras de São João, do Morembá, do Oriente, dos Dois Irmãos, da Paineira, da Bocaina e das Luminárias. Abrange parte dos munícipios de Nepomuceno, Coqueiral, Carmo da Cachoeira, Luminárias, Lavras e outras forças produtoras.

É a casa de aproximadamente cinco mil cafeicultores, em sua maioria agricultores familiares, somando um total de 45.000 hectares plantados, com cerca de 150 milhões de pés de café.

Com altitude mínima de 850 metros e máxima de 1.250, tem clima tropical de altitude, de verões brandos, sujeito a grandes estiagens esporádicas, e com inverno, às vezes, rigoroso.

Sua produção de café gira em torno de 750 mil sacas ao ano, vendidas, em sua maioria, às cooperativas locais. A colheita, em grande parte mecanizada, acontece de maio a agosto e as variedades mais plantadas são dos cafés Mundo Novo, Catuaí e Catucaí.

Clima e Geografia

  • A temperatura média anual é de 21,2 graus, com média mínima de 13,5 graus e média máxima de 27,8 graus.
  • O índice pluviométrico chega 1.600 mm anuais.
  • Sua topografia é dividida em: 20% plana, 50% ondulada,30% montanhosa.

Nossa região está estrategicamente localizada, equidistante de três grandes capitais: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, além dos portos de Santos, em SP, e do Rio de Janeiro.

Sabe-se que o café foi trazido para cá nos idos de 1800 por tropeiros, sobretudo comerciantes de gado, que buscavam suprimentos no Vale do Rio Grande para abastecer a côrte. Sua cultura logo disseminou-se devido às condições de clima e solo favoráveis ao desenvolvimento das plantas, dando origem a grãos de excelente qualidade.

Bem mais que uma bebida encantadora, para os habitantes dessas localidades o café é fonte de renda, trabalho, sonhos e preocupações. Respira-se, fala-se, vende-se, compra-se, armazena-se e, há quem diga, acrescenta-se o café até na mamadeira dos recém-nascidos, para que sejam vacinados contra os males de um mundo descafeinado.

Nossos Cafés

Para o seu café espresso ou coado, resgatamos
a singularidade de uma antiga terra, trazendo à xícara uma nova e festejada bebida.

84 Pontos

100% arábica.

Notas de chocolate ao leite, frutas brancas e avelã torrada. Acidez cítrica refinada, corpo denso, finalização longa e doce.

Variedade(s) Processo(s)
Catucaí Amarelo + Acaiá C. Descascado + Natural
Altitude Média Produtores
1.000m Mauro Dantas + Douglas e Milca de Almeida

85 Pontos

100% arábica.

Notas de mel, flor de laranjeira, amoras e chocolate. Acidez cítrica e corpo viscoso. Finalização longa e doce, com leve toque floral.

Variedade(s) Processo(s)
Catucaí Amarelo C. Descascado
Altitude Média Produtores
950m Mauro Dantas

Nosso Time

Jovens, ou nem tanto, que compartilham de um anseio vivo e constante: criar uma nova história, a partir de um novo café.

  • Suzana Garcia
    Suzana Garcia

    Graduada em Biologia e especialista na detecção de stress hídricos em plantas, Suzana Garcia viveu numa penca de países europeus, onde fez mestrado, doutorado e pós-doutorado. Nascida em Nepomuceno, em meio a cafeicultores, quis honrar as origens e começou por estudar e conhecer o universo dos cafés brasileiros. É ela quem nos manda notícias da utópica e indescritível Amsterdam, onde cuida nosso escritório de representação na Europa.

  • Viviani Rocha
    Viviani Rocha

    A Vivi é formada em biomedicina, mas preferiu trocar de alquimia: hoje é chef especializada em pães e barista carioca. Nascida no interior do estado do Rio de Janeiro, é ela quem nos ajuda a promover nossos cafés em restaurantes, bares e cafeterias. Além de fazer visitas periódicas às fazendas, está sempre atenta à qualidade de nossas bebidas, garantindo a felicidade de nosso consumidor final. Entre todos nós é quem mais entende, e toma, vinhos.

  • João Marcelo Marques
    João Marcelo Marques

    O João Marcelo também nasceu e cresceu em Nepomuceno, na fazenda de sua família, conhecida por produzir cafés e uma excelente cachaça. Formado em administração, trabalhou em redes de franquias de produtos alimentícios, antes de fundar a Flor de Café. Com especialização em gestão em Cafeicultura, é quem cuida do nosso planejamento de mercado e todo o mapa da aventura de criar de uma Associação.

  • Milena Rodrigues
    Milena Rodrigues

    A Milena é escritora das boas, jornalista aposentada e a mais nova amante dos cafés especiais. Nascida e criada em Nepomuceno, passou um bom tempo dando voltas ao mundo, como pedia sua profissão e o dolce far niente. De volta às origens, fundou com um grupo de amigos a Flor de Café. É ela quem opera nossas plataformas de comunicação e abertura de novos mercados diretamente de São Paulo, onde montou seu último acampamento.

  • Vicente Rodrigues
    Vicente Rodrigues

    O Vicente é nosso querido e super carismático agrônomo consultor. Além de apaixonado pelo que faz, ele conhece muito bem a nossa região. Grande especialista em sua área, há quarenta anos trabalha com o desenvolvimento de lavouras, orientando, com seu inconfundível senso de humor, nossos produtores. Um dos fundadores da Flor de Café, atua ativamente como pai e avô.

Nossas Fazendas

  • Fazenda ASA Palheta – Aviário Santo Antônio
  • Fazenda Limeira – Lucas Pimenta e Sérgio Soares
  • Fazenda Boa Vista – Alberto Lourençoni Sarquis
  • Fazenda Ponte Funda – Andreia Lourençoni
  • Fazenda Santa Eunice – Jair Finocchio
  • Fazenda Santa Paula – Mauro Cesar Dantas
  • Fazenda Santana – Paulo Roberto Dantas
  • Fazenda Serrinha – Ariosvaldo Rodrigues
  • Fazenda Serrinha – Ricardo Reis Villela
  • Fazenda Vista Alegre – Douglas e Milca Almeida
  • Fazenda Vista Alegre – Nizio de Oliveira Lima
  • Fazenda Vista Longa – Wilson Marques

Contato

Endereço

Chácara dos Barbosas, S/N
Nepomuceno – MG – 37250-000
Tel.: (35) 99860 1734
Cel.: (21) 98105 0296

contato@flordecafe.net

Preencha o formulário e envie-nos a sua mensagem que retornaremos o seu contato o mais breve possível.
Os campos marcados com (*) são de preenchimento obrigatório.

Nossos Parceiros